Home do Criar Mundos

Introdução

Criar Mundos

:: Antropologia

:: Ciências

:: História

:: Linguística

:: Literatura

:: Mitologia

Portugal

Referências

Capítulo Anterior
<<

O que é a Precipitação?

Próximo Capítulo
>>


Chegamos finalmente ao último elemento que faltava referir: a precipitação. Vamos, primeiro, começar por esclarecer definições - precipitação refere-se a qualquer forma de queda de água, na forma líquida ou sólida, da atmosfera. Para tal, o vapor de água precisa primeiro de se condensar e formar nuvens.

Já antes dissemos que quando o vapor de água atinge o ponto de condensação, começa a formar pequenas gotas de água à volta de núcleos - poeiras e outras partículas existentes na atmosfera que são normalmente chamadas de aerossóis. É assim que se formam as nuvens. Á medida que a condensação do vapor de água continua a acontecer, chegando ao ponto em que as gotas de água já não se mantêm no ar, ocorre finalmente a precipitação. Esta pode acontecer de duas maneiras, dependendo de a nuvem atingir temperaturas mais ou menos elevadas, mas a base é a mesma:

Nuvens Quentes Nuvens Frias

Estas nuvens têm uma temperatura superior a 0o C, sendo que apenas a parte superior destas tem temperaturas mais baixas, permitindo a formação de cristais de gelo. Em alguns casos, a nuvem nunca atinge temperaturas baixas impedindo as correntes ascendentes, que elevam o vapor de água, de ganharem velocidade.

As pequenas partículas de água formam-se e continuam a elevar-se, podendo ter dois destinos - evaporação ou a colisão com outras partículas, fundindo-se, até aumentarem de tamanho suficiente para cairem.

Existem diferentes graus de condensação:

  • chuvisco (gotas com cerca de 0,5 mm)
  • chuva (gotas com tamanhos entre 1 e 6 mm)
  • gotas instáveis que se desfazem (típico nas zonas tropicais e equatoriais)
  • pequenos grãos de gelo (quando a chuva caí e passa por uma camada de ar gelado)

Estas nuvens têm sempre uma temperatura inferior a 0o C, podendo apresentar temperaturas inferiores mesmo a -40o C.

As pequenas partículas de água formam-se e continuam a elevar-se, sobrearrefecendo até formarem cristais de gelo que começam a cair. À medida que caiem, os cristais de gelo vão chocando uns com os outros e com pequenas partículas de água, misturando-se até aumentarem de tamanho e cairem.

Ocorrem diferentes tipos de precipitação:

  • neve
  • granizo
  • chuva gelada (quando a camada de ar imediatamente abaixo estiver pouco fria)

Dezembro de 2007




Capítulo Anterior
<<
  Próximo Capítulo
>>

Este site e todos os materiais nele presentes são propriedade das suas autoras, excepto quando se indique outros autores.